photo-arcueil

Geneviève Patte (França)

Bibliotecária e consultora internacional

Formada em biblioteconomia na França, Munique e Nova York, especializou-se em literatura infantil e foi consultora em diversos projetos internacionais sobre a promoção da leitura, principalmente na América Latina, Ásia e em alguns países africanos.

Dirigiu durante 35 anos a associação La Joie par les Livres, responsável por uma biblioteca infantil na periferia parisiense que contribuiu para o desenvolvimento e difusão de bibliotecas para crianças e jovens em muitos países. Criou o Centro Nacional do Livro para Crianças e a revista do Livro para Crianças, publicada atualmente pela Biblioteca Nacional da França.

Para organizações internacionais como IFLA, UNESCO e IBBY, realizou os primeiros seminários internacionais sobre bibliotecas para crianças e jovens nas regiões em Leipzig, na Alemanha (1981), Caen, na França(1990), e Bangkok, na Tailândia (1999). Foi indicada ao Astrid Lindgren, o mais prestigiado prêmio da literatura infantojuvenil do mundo. Seu principal livro, Deixe que Leiam, foi publicado no Brasil pela Ed. Rocco.